domingo, 13 de novembro de 2011

O vizinho dos meus sonhos...

Tenho andado melancolica
Tenho pensado demais
Cada vez o Natal se aproxima mais
Eu adoro o Natal,
Já fui muito feliz no Natal,
Mas, inevitavelmente,
Para mim, pensar no natal,
leva-me em pensamentos aquando fui feliz,
Nao me leva a sonhos com 3 fantasmas,
Não isso Não
Mas leva-me ao Natal passado,
O Natal em que comecei a mudar,
Quem eu amei e eu nunca esqueci!
Leva-me ao Verão do ano passado
Naquele casamento fatídico,
Em que os sentimentos
Já brotavam e se faziam sentir!
Dezembro foi o mês em que fui mais feliz,
Tu foste o melhor que eu tive em 25 meses até à data!
Mas depois de dezembro as coisas começaram a mudar!
Tu não te podias dar ao luxo de amar!

Alguem que me amou e tentou e lutou para ser correspondido
e tentou escorraçar-te da minha vida invadindo o meu facebook,
por se sentir amedrontado
acusava-me todos os dias,
que eu só estava à espera
QUE DEZEMBRO VOLTASSE

A verdade é que realmente, percebi que sim,
que passei meses à espera que Dezembro voltasse,
e que a remota esperança permanece!

Há muitos anos atras
Existia uma menina que ao visitar os seus avos
via por vezes ao longe, um rapaz, pouco mais velho que ela
aquele vizinho dos contos de fada
em que nos apaixonamos
por aquele pedaço de mau caminho!
Tu eras o meu vizinho, aquele homenzarrão!

Eu muitas vezes, discuti e ralhei pelo bem, que mal julgava estar!

Eu não tinha amigos, quando te conheci,
não confiava em ninguem, nem na minha sombra...
Hoje em dia,
Tenho 5, uma mão cheia deles,
Confio neles,
Sei que tanto estou eu para os ajudar
Como eles para me ajudarem a mim!
Quantas vezes ralhei, discuti e dramatizei
pelos teus amigos...
e a verdade é que só querias que eu interagisse com pessoas
e eu, incapaz, burra, não te entendi!

Eu nao tinha grande auto-estima
passei a ir ao ginasio, porque a mae dele ia,
e para ficar bonita, para ele!!!!
Depois, ele tambem passou a ir,
ficou com menos tempo para mim,
E eu só tornei a ver maldade
E até por isso impliquei! Discuti!
Infernizei lhe a vida!

Mas ainda me lembro...
Daquele beicinho de toco pela manha
De me berrar baixinho
«Onde andaste com os pés? Estas gelada!»
e eu a pensar nas horas que tinha por ti, esperado à beira mar!
com a brisa gelida da manha a trespassar-me!
Das nossas tardes e manhas...
Do nosso cinema
Da tenda e da areia!
De dormir no carro
De dizeres que eu era parecida com a Paula
Por descobrires os meus tiques iguais aos dela!
Por me teres dito um dia,
que todos os dias me vestia para ir a um casamento!...
Por olhares o meu cabelo e por dizeres que era fantastico
por estar sempre bem e apesar de tudo nao precisar de ser penteado!

Nós não fomos paixão,
Nós fomos amor, fomos cmplicidade...
Ai, cumplicidade como a nossa...
sequesso... só eu descobri naquela mesa cheia de gente
aquele bater de maos...
E em casa da nutricionista?
Aquele beijo
aquele conhecimento um do outro
Quando no video, nos rimos
da sombra laranja que afinal estava na moda.

Aqueles momentos de ciumes

Eu contigo fiz tantos planos...
coisa que sempre me recusei a fazer e não retomei a fazer!

Apesar de tudo isto,
e depois da passagem de ano teres mudado de atitude
Por teres consciencia que ter alguem na tua vida te ia fazer mal!!
Desconfiada, eu, em vez de compreender torturei-te!

Coitada de mim,
Que teve a felicidade à frente
Mas não teve a inteligencia
Para a ver e agarrar!
Que não teve consciencia
Para ver que te vestias sempre de camisa
quando iamos só os dois,
Por saberes que fostava!
Que saudades que tenho de te ver de cor-de-vinho
Por na vespera de natal teres vindo ao carro,
apenas para me ver!

HOJE EU SEI,
HOJE EU ENTENDO
HOJE EU COMPREENDO,
HOJE É TARDE DEMAIS,
estou mais madura do que nunca,
graças a ti,
encontrei amigos e auto-estima
vou às compras e gosto
comprei o telemovel que queria
ganhei autonomia
fui atingindo o controlo da minha vida
e fui tendo as minhas proprias aventuras
Sendo eu e só eu a protagonista!

O meu maior erro?
Foram tantos, tantos,
e hoje tenho capacidade de os ver e admitir
Mas para alem das torturas constantes
o meu maior erro foi o Zé
Que me ludibriou
quando o meu coração estava mais magoada contigo!
Na sua propria vingança contra ti,
e Eu na minha tentativa de causar impacto
de fazer ciumes e veres o que perdeste
Me fez cometer grandes erros!
Inclusivamente destrui tudo o que de futuro
Poderiamos vir a ter!

Lá no fundo espero por dezembro,
Mas dezembro vai ser tenebroso
e ainda mais dificil!
Mas nunca me peças para esquecer o que de melhor tive na minha vida
Desde que sou adulta e consciente dos meus actos!

Despeço-me com um beijo na testa!
Com o mar como nosso testemunha!
Como foi o nosso!



PS: I always love you!

Sem comentários:

Enviar um comentário

Ola! Gostaste do post? Tens alguma opinião sobre o assunto?
Comenta ;)
Saudações Negras

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...