quinta-feira, 29 de março de 2012

Ontem quase morri

Ontem, depois de fazer uma
Quase manha tarde
E de chegar quase as 21h a casa,
Ia morrendo

Nao pela falta de açúcar ou tensões baixas

Uma coisa ben pior

O jantar era bacalhau...
E eu uma pategazinha
Meia adormecida
Estava a marfar aquilo na boa
Até que no meio de um pedaço de bacalhau
Ia uma espinha

Essa maldita espinha nao detectada
Filha duma cabra duma mãe
Espetou-se-me na glote
Fiquei entalada

Sinceramente estava eu a asfixiar
Quando a minha mãe por meio
De palmadas interescapulares
E de berros
Disse vomita
A medida que dou os arranques
A glote relaxou e soltou a espinha

Juro que os meus únicos pensamentos
Foram 'eu vou morrer'
Morrer e ter a percepção disso
É horrível
É uma agonia sem jeito,

Sinceramente nao quero voltar a repetir
Afinal mesmo q eu seja como os gatos
E tenha 7 vidas
Já me restam poucas
Tenho de me por a jeito!

Mas hoje o resultado
E que tive pesadelos a santa noite toda
Estou de gatas
E nao sei bem o que fazer

Estou mesmo deprimida!

Preciso de dormir e relaxar

Sem comentários:

Enviar um comentário

Ola! Gostaste do post? Tens alguma opinião sobre o assunto?
Comenta ;)
Saudações Negras

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...