terça-feira, 10 de abril de 2012

Pascoa

Como o tempo voa, literalmente.
Mas, realmente, o tempo voa.
Lembro-me de quando era menor de idade e queria a todo o custo, crescer e ter 18 anos (grande desilusão), para ter carta, ir para a faculdade, poder mandar em mim, (grande erro, tenho quase 21 anos e a minha mãe ainda me acorda aos berros, manda-me fazer coisas que eu não quero, ralha-me, vá lá a única coisa que mudou é que agora posso conduzir, já não ando no liceu, tenho mais rugas e responsabilidades, de que me valeu a ansiedade? NADA), mas lembro-me, que nessa altura, do Natal à Pascoa eram 4 longos e fatídicos meses, que da Páscoa ao meu aniversário era um temeroso mês e meio. Aquele espaço de tempo:


Naquela altura, demorava um fatídico e demoroso ano.
Agora, que a vida boa de estudante está prestes a terminar, e que brevemente estarei nos 30. Do natal à pascoa foi um tirinho, da Páscoa ao meu aniversário vai ser um piscar de olhos e não tarda estaremos no Natal.
Agora,


Um ano inteiro, parece ter a duração de uma semana, daquelas demoradas de quando eu era uma jovem catraia, brevemente ver-me-ei super enrugada e a preencher os documentos para a reforma.


Sem comentários:

Enviar um comentário

Ola! Gostaste do post? Tens alguma opinião sobre o assunto?
Comenta ;)
Saudações Negras

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...