segunda-feira, 7 de dezembro de 2015

3 anos depois... a história de um amor...

# 3 Anos de Amor de Dois Seres Humanos que se encontraram porque sim... e porque sim se amaram muito...



Conhecer o Paulo foi realmente uma feliz coincidência de uma vida...

Estávamos ainda a conhecer-nos quando o meu portátil como por magia avariou e ninguém sabia como o arranjar...

Tinha vindo do cabeleireiro da L'oreal na Boavista de usufruir de um prémio... estava pronta para começar a trabalhar na minha monografia e ninguém o conseguia ressuscitar, já em desespero confessei-lhe da minha aflição... e ele como herói que era veio salvar-me...

Tomamos café e ele levou o meu computador, e com ele um pedaço do meu coração... era tão lindo... barba por fazer, aspecto desleixado, olhos tristes de cachorro... abandonado... tanto que ele pedia para ser amado...

E eu amei-o... comecei logo ali...


Do café... daquela meia hora... eu fiquei fascinada... 

E depois na sexta-feira seguinte, estava eu pronta para ir fazer extensão de pestanas a Vila Nova de Gaia quando me lembrei de lhe perguntar o que andava a fazer... e ele mentiu-me disse que estava bem pertinho de mim, quando já estava bem longe... mas eu esperei por ele...

Oh como eu o queria ver....

«Que vais fazer ao almoço?» perguntei-lhe eu...

- Estás-me a convidar para almoçar? - perguntou ele bastante convencido...

MAs não, eu não convido ninguém para almoçar...mas já que ambos tínhamos de almoçar... poderíamos fazê-lo juntos.... E fizemos... E foi o almoço  mais longo da história dos almoços...

Ele tinha tirado a tarde para ir comprar óculos eu tinha tudo programado para as pestanas... passados 3 anos ele ainda não tem óculos e eu nunca mais voltei ao sítio onde fazia as pestanas e as unhas... ]

Eu só queria que ele me beijasse... E a meio da tarde ele beijou...

Ele só me queria raptar... mas eu fui para casa, já era de noite... 
No entanto ele tinha razão, ele raptou-me mesmo sem saber... Raptou o meu coração sem pedir resgate...

Quanto à minha monografia só a comecei e acabei mesmo no limite... O tempo passou... Muita coisa aconteceu, ele teve dúvidas, por causa do passado, eu tive de optar...

Acabamos a escolher um ao outro, apesar de eu ter ficado bastante desconfiada e cheia de medo... tivemos alguns atritos... eu acabei o curso... esperei... esperei...  

Fomos a primeira vez de fim de semana no nosso primeiro aniversário para Montereal [ Há exactamente 2 anos atrás ] foi simplesmente fantástico esse fim de semana que descobri que o iria amar para sempre... que queria viver com ele e ser feliz para sempre... 

Depois desse fim de semana houveram tantos outros.. tivemos um fenomenal na Quinta das Lágrimas... que lugar maravilhoso... no meu 23º aniversário fomos até São Bento da Porta Aberta... Braga foi pouco antes de eu decidir que estava farta de esperar por um país que não me dava qualquer oportunidade na área que estudei, que tanto me empenhei e que os meus pais tanto dinheiro investiram... escolhi a entrevista a ir... fui e passei... Londres esperava por mim... fomos a Lisboa e eu estava pronta a desistir da partida e o Paulo tinha plena consciência disso... ele decidiu pôr o coração de lado e deixar-me partir, pois sabia que era o melhor para mim, para ele e para nós!

Eu chorei tanto... berrei tanto... Achei que ele já não me amava... quando ele me amava o suficiente para me deixar partir... Felizmente tive força para lutar e lutei bastante...

Ele veio ver-me à ilha... Pouco depois estávamos juntos de novo, fomos juntos ao casamento da Tânia e do Paniche, fomos ao casamento da Dora e do Novo na Polónia... e acabámos a dar uma saltada à Alemanha! Nessa altura já estávamos a preparar tudo para viver juntos aqui na ilha... já tínhamos a nossa casinha, já tínhamos tudo tratado...

Hoje o Paulo conhece a sua actual casinha há 3 meses, vivemos juntos e a vida tem-se tornado mais fácil... mais colorida... mais fantástica... mais bonita! Digo-lhe todos os dias que a melhor coisa que ele podia ter feito era vir viver comigo e acreditem que é sentido. Porque eu nunca fui tão feliz! Tão amada! E sem duvida que em 3 anos nunca vi o meu amor tão feliz... o que me enche o coração de alegria...

3 anos juntos

Pouco tempo para quem quer ficar junto para sempre...

No entanto, já vivemos tanto, já sofremos tanto, está na altura de tirarmos umas férias dos stresses e ir passear ou ficar em casa a ouvir a chuva cair enquanto vemos um bom filme no sofá enrolados numa mantinha confortável...

Venham mais 3 anos, mais 30 anos, mais 300 anos que eu vou continuar a amá-lo como amo, ou bem mais ainda, porque todos os dias sei que o amo um bocadinho mais... naquelas pequenas coisas como quando eu estou com o toco e faço olhos de ruim e ele me diz que posso meter medo à gata mas que não lhe meto medo a ele ahahahahah

Amo-o tanto mas tanto!

Se eu pudesse dar uma palavra àquela rapariga louca que falava de política e de tudo e de nada e a sua mente vagueava e ele sorria para ela...dir-lhe-ia ao ouvido bem sussurrado, o maior segredo que hoje carrego que ela não sabia:

Vais sorrir muito... vais chorar muito... vais berrar muito... vais sofrer muito... Mas vais ser feliz como nunca imaginaste ser possível, como nunca imaginaste merecer ser, Vai em Frente, Luta, NUNCA desistas! Luta com unhas e dentes. E tudo vai correr bem! Acredita!

2 comentários:

  1. E nada acontece por acaso.. ;)
    E acho que fiquem tão bem juntos! Que sejas Muito Feliz Mariana!!! :D
    Beijinho Miss Giggles

    ResponderEliminar
  2. Lindas palavras, gostei demais da sua história de amor.
    Beijos
    Jana Makes Esmaltes e Cia

    ResponderEliminar

Ola! Gostaste do post? Tens alguma opinião sobre o assunto?
Comenta ;)
Saudações Negras

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...